• RH Jr

Quem são os millennials no mercado de trabalho?

O termo Millennial, que até pouco tempo atrás nem sequer existia, hoje faz parte do vocabulário de todos nós. Essa palavra refere-se a parcela da população mundial que nasceu entre 1981 até 1995. Atualmente, a geração Y, outra denominação dos millennials, corresponde a maior parte da população brasileira e representa 50% da força de trabalho, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Itaú BBA. Por isso é tão importante entender como eles se comportam no ambiente de trabalho e os principais benefícios da sua atuação.




O principal fator que caracteriza a geração Y é a sua existência em meio ao surgimento da internet. Esse é um aspecto extremamente importante para entender a forma como os millennials concebem o mundo, interagem com a realidade, consomem e trabalham. Por sua familiaridade com os meios digitais e com a atualização instantânea de fatos e notícias, a maneira como produzem dentro de uma empresa é extremamente dinâmica e apresenta uma série de diferenças em relação a geração dos seus pais. Para entender mais, continue lendo.


Realizam várias tarefas ao mesmo tempo


Os millennials cresceram em meio aos estímulos da vida digital. Seus computadores estão frequentemente com várias abas abertas, e uma não está necessariamente relacionada com a outra. Eles têm interesses em áreas diversas e realizam tarefas simultaneamente. Em um primeiro momento, isso pode ser erroneamente interpretado como falta de foco, mas isso só acontece com aqueles que não estruturam bem seus afazeres.

Essa habilidade é extremamente interessante para uma empresa, sobretudo dentro do cenário atual do mercado, onde todos os processos são extremamente dinâmicos. Uma pessoa com essas capacidades pode assumir mais de um projeto por exemplo e consegue linkar informações rapidamente.


A tecnologia é algo cotidiano


Apesar de já termos dito isso anteriormente, definitivamente é um ponto que merece destaque porque é o que mais os diferencia da geração X, que os antecedeu. Essa geração viveu a transição do analógico para o digital e teve que se adaptar às novas mídias na idade adulta. Os millennials, por sua vez, já cresceram em contato com os computadores (no caso dos old millennials, que correspondem àqueles que nasceram na primeira metade da época delimitada) e vivem a era da internet como algo completamente incorporado (os young millennials).

Essa familiaridade dita a forma como eles estão acostumados a se relacionar com o mundo e como veiculam seu trabalho. A tecnologia não é uma inovação para eles e sim, algo essencial, sem o qual é praticamente impossível realizar a maioria das funções.



Entendem e valorizam serviços personalizados


A geração X lidava com o consumo daquilo que já existia, que era feito para atender muitas pessoas ao mesmo tempo. Além disso, o número de oferta, tanto para produtos quanto para serviços era limitada em relação aos dias atuais. Os millennials, por sua vez, sobretudo os young millennials, estão acostumados a terem uma enorme gama de opções. Além disso, também apreciam muito aquilo que é feito sob medida para cada um, personalizado.

Por isso, eles valorizam desde pequenas ações até a venda de um serviço inteiro que atenda necessidades específicas de cada um. Em meio a uma grande demanda de opções, dão valor aquilo que é o mais individualizado. Por isso, tornam-se profissionais aptos se atentar a esse aspecto dentro de uma empresa e contribuírem com esse olhar.


Pensam muito sobre o impacto de suas ações


Discussões à respeito de questões sociais, ambientais e como cada ato individual pode repercutir em escala global, são pautas que permeiam os diálogos dessa geração. Por isso, os millennials valorizam muito a adoção de práticas voltadas para isso. As empresas têm muito a ganhar com isso, podendo incorporar essas atitudes em suas políticas e tendo retornos extremamente positivos e gratificantes.


Ficou claro que a geração Y tem um grande peso e movimenta uma parte considerável da economia. Por isso é importante entender a forma como estão se comportando no mercado e acompanhar essa movimentação.


Texto escrito por Luísa Raad

Produtora de conteúdo da RH Jr.


Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.