• RH Jr

Mantenha o foco no trabalho com esse treino em 4 etapas

Uma frustração muito comum que vemos no mercado de trabalho e até mesmo fora dele é a dificuldade em se manter focado. Por isso, preparamos um guia organizado com as metas e métricas necessárias para que você consiga aproveitar melhor seu tempo.


1 - Autoconhecimento


O autoconhecimento sempre parece um tema excessivamente explorado, até que se percebe que essa exploração raramente passa da teoria. Mesmo que as pessoas julguem conhecer a si mesmas por meio da vivência, poucas realmente pensam sobre si.

Para o foco, é importante pensar no autoconhecimento para saber o que te distrai, independentemente dos seus gostos. Uma dica para que você saiba mais sobre o que te distrai, passe uma semana observando e anotando onde preferir tudo que te fez se distrair em horários inadequados. Assim, você vai saber bem do que está te prejudicando e poderá trabalhar para consertar isso.


2 - Planejar


Agora que você já tem certeza do que tira seu foco, é hora de planejar um modo de se afastar desses estímulos.

Para que você treine sua mente, é interessante estabelecer metas a serem batidas e consequências para quando atingir um resultado positivo. Vamos usar novamente do autoconhecimento, mas agora pra algo bom! Procure por algo que gosta, mas não pode fazer com muita frequência, mas se lembre de ter uma divisão em pequenas proporções. Um exemplo tão clássico que chega a ser clichê é o chocolate, mas os clichês existem por um motivo: eles funcionam na maioria dos casos. Caso um doce funcione para você, pode usar, mas se sinta livre para procurar por outros estímulos.

Você deve fazer divisões de acordo com o seu nível de foco, então caso tenha dificuldade em se manter concentrado por mais de 15 minutos, comece com essa meta, e ao batê-la, dê uma pequena mordida no seu chocolate, descanse por 2 minutos e reinicie o processo.

É importante lembrar que as consequências não podem ser negativas para esse método dar certo, pois isso te faria dar um jeito de evitá-las ou desistir de todo o processo após pouco tempo.


3 - Executar


O planejamento foi um pouco exaustivo, mas agora você vai colocar em prática! Tome cuidado com os distratores e aproveite sua recompensa! Só lembre de anotar e manter os dados de tudo que faz para que possa utilizar da próxima etapa.


4 - Verificar e recalcular

Toda semana que você bater 70% das metas, significa que está na hora de aumentar ela, e uma quantia boa de aumento é 25%. Por exemplo, com uma meta base de 15 minutos, a seguinte seria de 19 minutos, então 23,5 minutos, 30 minutos e assim em diante. Da mesma forma, se estiver batendo menos de 30% das metas, diminua elas em 25% para aumentar a efetividade do processo.

Aumentar o seu limite é sempre tomado como algo bom, mas pare quando chegar em metas de uma hora com 5 minutos de descanso. Essa será sua meta final, com a qual você poderá se considerar uma pessoa muito bem focada!


É bom lembrar que essa estratégia não funciona pra todas as personalidades ou para todas as profissões, mas te encorajamos a tentar! Se tiver dúvidas ou dificuldades, entre em contato conosco e vamos te ajudar a ser um profissional mais eficiente!


Para saber mais sobre como otimizar seu tempo, clique aqui

Texto feito por Bruno Lataro Gonçalves

Produtor de conteúdo da RH Jr.

#produtividade #otimização #foco #produtividade #otimização #PraCegoVer #variados

Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.