Love Brand: Entenda como essa estratégia pode ajudar pequenas empresas a venderem mais

O próximo passo após conquistar um cliente é fazer com que ele continue consumindo o seu produto, ou seja, fidelizá-lo. É através dessa relação de lealdade que as chamadas Love Brands aumentam suas vendas e superam a concorrência. O consumidor se satisfaz com o produto e se identifica com a marca.





O termo em inglês Love Brand significa “amor à marca”, e refere-se às empresas que conquistam o seu mercado de forma a gerar uma identificação moral e cultural com seus clientes. Assim, ocorre um processo de fidelização do mercado, um diferencial na concorrência com outras empresas.


Os exemplos mais famosos que podem ser observados no cenário brasileiro são marcas como a Netflix, Coca-Cola, Mcdonald's e Burger King. No entanto, é importante lembrar que uma empresa não precisa tornar-se multimilionária para conquistar o título de Love Brand. Todo o processo pode começar apenas regionalmente, através de uma empresa local.

Como uma empresa local pode tornar-se uma Love Brand?


O estágio inicial para conquistar o amor de seu cliente está no primeiro contato dele com sua empresa. Essa situação geralmente ocorre no primeiro atendimento ou através de algum meio de comunicação. Portanto, uma empresa deve investir prioritariamente nesses dois pontos.


Observando o primeiro contato através do atendimento, percebe-se que se este não for feito com muita educação e gentileza, dificilmente seu cliente vai se apaixonar por sua empresa rapidamente. Um dos principais motivos de reclamação de centrais de suporte é sobre a má qualidade dos atendimentos.


Além disso, empresas pequenas devem renunciar ao antiquado atendimento padronizado, que não gera aproximação com o cliente, e investir no chamado atendimento humanizado, que transmite os valores da sua empresa e inicia um processo de identificação com seu cliente.


O segundo ponto é investir nos meios de comunicação que sua empresa usa para alcançar novos leads. Esse passo está relacionado com a imagem que se quer passar para seus possíveis clientes, além de quais nichos do mercado consumidor são almejados. Nesse sentido, assim como no primeiro atendimento, a chave está nos valores e na personalidade da marca, que devem estar claros nos meios de comunicação.


Também é importante ressaltar que, inicialmente, sua empresa pode investir em meios de divulgação mais baratos, como as redes sociais, utilizando-as para marcar a sua presença em um contexto local. Assim, ela conseguiria adotar uma postura mais singular e específica, que tenha mais proximidade com a realidade local dos seus possíveis clientes, tudo isso visando gerar uma maior aproximação cliente-empresa.


Além disso, a geração consumidora mais jovem acompanha as mídias de suas marcas favoritas, e as defende quando surgem discussões na internet. Com essa lealdade dos clientes e o investimento em marketing para redes sociais, sua empresa não precisará se preocupar tão cedo com a concorrência do mercado.

Vantagens de tornar-se uma Love Brand


Agora que já entendemos que os passos para se tornar uma Love Brand não demandam nenhuma fortuna e não são impossíveis, vamos entender melhor as vantagens que podem ser adquiridas no processo:


1- Fidelização: cria uma lealdade do cliente com a empresa, o que faz com que ele não se apegue tanto aos preços e continue a consumir seu produto, independentemente da subida ou descida dos custos totais.


2- Relação duradoura com seus clientes: aumenta a credibilidade da sua marca. Os clientes passam a promovê-la e tornam-se defensores dos seus produtos e/ou serviços por vontade própria.


3- Constância no mercado: os consumidores ignoram concorrência, o que garante estabilidade e atrai profissionais mais qualificados para sua empresa.

Tornando-se uma Love Brand:


Fica claro que o segredo está no primeiro contato cliente-empresa, por isso é importante qualificar os seus profissionais, mais especificamente aqueles responsáveis pelo atendimento direto com o cliente e aqueles responsáveis pelos meios de comunicação da empresa.


Portanto, comece investindo em treinamentos profissionais nessas áreas específicas para, então, iniciar o processo de conquista ao amor do cliente a sua marca.


Para ler mais sobre aproximação do cliente com determinadas empresas, clique aqui.



Texto Escrito por Janaína Cristina, trainee, e revisado por Luísa Raad

Produtora de conteúdo da RH Jr.


Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.