• RH Jr

LinkedIn: 9 dicas incríveis para o seu perfil se destacar

Atualizado: Jun 25

Você tem um perfil no LinkedIn? Se sua resposta foi NÃO, saiba que você precisa criá-lo ainda hoje! Se sua resposta foi SIM, saiba que existem várias maneiras de você torná-lo mais atraente e utilizá-lo para se destacar profissionalmente.



O LinkedIn é uma rede social. Mas ela não tem o mesmo propósito do Instagram ou do Twitter. Seu foco são as relações profissionais.


Por isso é essencial que você tenha um perfil nele. E isso não se aplica apenas a quem já possui uma vasta experiência profissional, é importante ir construindo a sua imagem desde o início, quando você ainda é estudante ou estagiário.


Muitos recrutadores analisam as descrições dos candidatos no LinkedIn. Além disso, a rede é uma ótima forma de estabelecer seu networking, iniciar negociações e até mesmo descobrir sua próxima vaga de emprego.


O seu perfil será uma representação de você no mercado profissional. Por isso é essencial que ela seja bem construída e completa, com as melhores estratégias de marketing pessoal possíveis.


Já deu para perceber o quanto é importante não só estar no LinkedIn, mas ter um excelente perfil, que seja o mais completo e bem construído possível. Por isso separamos 9 dicas que vão te ajudar na construção do melhor perfil.


1.Mantenha o perfil sempre atualizado


Por se tratar de uma rede social de cunho profissional, acabamos não checando muito o LinkedIn. Assim, muitas vezes podemos nos esquecer de atualizar algum dado ou compartilhar alguma informação que poderia ser relevante.


Esse é um erro grave que pode ser prejudicial no futuro. Por isso, se você começar a trabalhar em um novo emprego, realizar um curso ou tiver participado de algum evento dentro da sua área, não deixe de postar.


Atualizando seus dados e completando suas informações você tem mais chances de atrair oportunidades condizentes com as suas habilidades.



2.Tenha uma boa foto de perfil


É indispensável possuir uma foto de perfil. Sem essa imagem, surge um distanciamento entre você e as suas conexões. Além disso, um possível recrutador pode não sentir confiança para selecioná-lo.


Por isso, você deve tirar uma boa foto. Para isso, não é necessário uma câmera profissional, mas é importante que a imagem tenha uma boa qualidade, seja nítida e que você transmita sua profissionalidade. Então use uma roupa social ou que seja mais discreta e adote uma postura e expressão facial de confiança.


3.Seja profissional


O LinkedIn não é o espaço virtual apropriado para compartilhar facetas da sua personalidade e da sua vida que você divulgaria no seu Instagram pessoal, por exemplo. Ele deve ser um mural da sua vida profissional.


Então atenha-se a transmissão dessa imagem. Não compartilhe memes, não poste fotos de viagem e não compartilhe textos e artigos que, por mais que sejam interessantes, não cabem nessa rede.


Se você não adota essa postura, está construindo uma imagem obtusa de si mesmo. De alguém que não sabe como se portar em espaços específicos, que é superficial.


4.Edite a sua URL


Quando se cria o perfil no LinkedIn, a sua URL inicialmente será bem extensa, cheia de números e letras. Isso pode ser um impasse visual na hora de compartilhá-la. Mas é possível editá-la da forma que você quiser.


Coloque o seu nome completo ou o nome da sua marca ou empresa. Assim, ficará mais legível e fará mais sentido para os futuros integrantes da sua rede.


5.Peça recomendações


Dentro do LinkedIn você tem a possibilidade de ser recomendado por outros usuários em uma ferramenta própria da rede. Elas são muito importantes, sobretudo se vierem de pessoas que já trabalharam com você.


Por isso, converse com seus colegas mais próximos, amigos e pessoas com quem já trabalhou junto para escrever recomendações. E seja recíproco, escreva recomendações para elas também.


6.Faça uma boa lista de habilidades


Essa é uma parte muito importante do seu perfil, que também é comumente descrita em currículos. É o espaço que você tem para vender seu peixe, por isso coloque suas principais habilidades. É muito importante ser honesto, não exagere ou coloque capacidades que não possui.


Nessa função, você também pode ser recomendado, por isso, peça para os seus colegas e também recomende e escreva habilidades para eles.



7.Movimente sua rede


Não deixe de entrar no LinkedIn pelo menos uma ou duas vezes por semana. Crie esse hábito, anote na sua agenda quais dias específicos você irá separar para fazer isso, favorite o site no seu computador e/ou baixe o aplicativo no seu celular


Curta e compartilhe posts relacionados com o seu interesse profissional e crie conteúdos de qualidade também. Assim, você se tornará mais visível para a sua rede e possíveis recrutadores. Lembre-se de que quem não é visto não é lembrado.


8.Escreva um ótimo resumo


Essa é uma seção na qual você pode escrever com um pouco mais de liberdade. Utilize-a para se apresentar, falar sobre os seus interesses e motivações e, é claro, contar um pouco mais sobre a sua trajetória profissional.


Então aproveite para fazer uma boa descrição, ressaltando as melhores partes da sua história. Você é o seu próprio redator.


9.Siga empresas e faça parte de grupos


Essa é uma excelente forma de se manter atualizado. Siga empresas que você gostaria de trabalhar algum dia e também grandes empresas com um nome consolidado no mercado. Assim você saberá o que elas têm feito de efetivo e como pode incorporar essas práticas a sua realidade.


Os grupos também são uma ótima forma de expandir seu networking e descobrir novas possibilidades de emprego.



Gostou das nossas dicas? Se quiser ler mais desse tipo de conteúdo clique aqui e não deixe de assinar nossa newsletter.



Texto escrito por Luísa Raad

Produtora de conteúdo da RH Jr.

Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.