Gestão de talentos: o que é e porque sua empresa precisa investir nisso agora!

Gestão de talentos é mais uma das novas tendências da área corporativa e de recursos humanos. É uma ótima forma de promover o crescimento da sua empresa com a melhor equipe possível.




Se você costuma acompanhar notícias do mundo empresarial e da área de gestão, com certeza já se deparou com o termo: gestão de talentos. Mas afinal, do que se trata?


Gerenciar talentos nada mais é do que adotar um processo que realize a atração e posteriormente a contratação dos melhores profissionais possíveis. Desta forma, é possível estabelecer um ambiente com colaboradores engajados e dispostos a promover mudanças significativas na forma como as coisas são feitas.


E como foi dito anteriormente, para implementar essa prática é preciso que desde o momento da divulgação da vaga de emprego até a definição de benefícios que o contratado irá receber, sejam muito bem pensados.


E quem seriam os talentos, ou seja, os candidatos ideais? Isso varia de empresa para empresa e de vaga para vaga. Em alguns casos as soft skills podem ser mais importantes do que as hard skills, e vice-versa. São a aspectos como esse que o profissional de RH que se especializa nessa área precisa se atentar.


Mas então, o que é preciso fazer para desenvolver uma boa gestão de talentos na sua empresa? Confira o passo a passo a seguir e comece a implementá-lo desde agora!


Processo de recrutamento e seleção otimizado


Para tornar o seu recrutamento mais eficiente e fazer com que ele atraia o perfil certo de candidato para a vaga, você deve começar com uma campanha de divulgação atraente e bem clara.


Informe desde o início qual o fit cultural da empresa, com o que vocês trabalham e quais são os benefícios dessa posição. Em seguida, quando estiver realizando a triagem de candidatos, tenha uma perspectiva prática e selecione quem realmente está alinhado com as suas expectativas para a vaga.


Ofereça benefícios


O passo anterior diz respeito à atração de potenciais talentos. Essa etapa, assim como as próximas, está relacionada com a retenção desses profissionais uma vez que já foram contratados.


Uma das melhores formas de fazer com que alguém permaneça no cargo atual é oferecer benefícios. E estes devem estar relacionados com o perfil da empresa e de seus contratados. Podem ser coisas desde convênios médicos até descontos em academias ou oferecer assinatura gratuita da Netflix.


Práticas como essa fazem com que o colaborador se sinta valorizado e pense duas vezes antes de buscar uma posição em outra empresa.


Flexibilidade


Esse é um aspecto que atrai muitos profissionais, sobretudo os millenials e gerações posteriores. Oferecer a possibilidade de trabalhar de casa em um sistema de home office, estabelecer o cumprimento de atividades com um sistema de metas e não de prazos, isentar de bater o ponto …


Essas são apenas algumas das medidas que podem ser implementadas e que contribuem com retenção de talentos. O colaborador se sente no controle da sua carreira, consegue ter mais autonomia e pode ser mais produtivo, porque irá cumprir suas tarefas de acordo com o seu próprio modo de funcionamento. Porém, cada local deve entender qual é a melhor forma de flexibilizar seus processos. Não existe uma fórmula que será adequada para todos.


Reconheça sua equipe


O reconhecimento é uma das melhores formas de fazer com que os colaboradores se sintam motivados e valorizados em seu local de trabalho. Nada é mais frustrante do que saber que você está tendo um bom desempenho, promovendo mudanças positivas e ninguém nota ou valoriza isso.


Assim, a solução mais simples para essa situação é promover momentos ou oferecer benefícios a quem estiver demonstrando um excelente exercício profissional. Você pode oferecer brindes, almoços, bonificação salarial, promover momentos para destacar esse indivíduo perante a equipe, dentre outras práticas.


O objetivo é demonstrar que ele é um membro valioso do seu time, alguém que faz a diferença.


Possibilidade de crescimento


Um problema que contribui com o turnover em muito lugares é a sensação de falta de perspectiva que pode surgir nos colaboradores quando eles se sentem estagnados com seu trabalho.


Por isso, é muito importante que ele sinta que está se desenvolvendo dentro do seu cargo e que tem a possibilidade de subir de posição de acordo com seu desempenho. Uma prática interessante nesse sentido é oferecer capacitações para as equipes.



Conclusão


Práticas voltadas para a retenção de talentos vieram para ficar. Por isso, não perca tempo e comece a implementá-las, garanto que assim seus processos serão otimizados e os ganhos serão enormes.


Texto escrito por Luísa Raad

Produtora de conteúdo da RH Jr.


Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.