• RH Jr

Entenda os diferentes tipos de cultura organizacional de uma vez por todas!

A cultura organizacional, definida no blogpost "Você sabe o que é cultura organizacional?" não é a mesma em todas as organizações. Definindo muito bem onde sua cultura se enquadra, você conseguirá voltar todas as suas ações em prol dela e para corrigir possíveis dificuldades que aparecem com o modelo de cultura que gere a empresa, contribuindo para melhores resultados.


Entretanto, para isso, é necessário ter um conhecimento sobre os tipos de cultura organizacional, seus objetivos e relacionamento com a empresa. São eles:


1) Cultura de tarefas

Esse tipo de cultura diz respeito a uma empresa bem flexível, uma vez que a equipe está voltada para solução de problemas e precisa ser resistente à frustração perante às situações em que se deparam. Nesse modelo, os funcionários se sentem motivados, haja vista que possuem participação ativa para lidar com os problemas da empresa e que afetam todos os setores. Com isso, a criatividade também é valorizada, pois os resultados são prioridade.


2) Cultura de papeis

Diferente do tipo anterior, a cultura de papeis é pouco flexível, sem espaço para a criatividade e possuem processos bem estruturados que precisam ser rigorosamente seguidos. Em decorrência desse excesso de regras e burocracias para resolução de problemas, a execução do trabalho é mais lenta e gera acomodação dos funcionários, que não estão sendo incentivados a inovarem os processos com criatividade e eficiência, gerando uma certa hierarquia organizacional.


3) Cultura de pessoas

Nesse tipo de cultura, existe uma valorização maior dos colaboradores, do bem-estar e da coletividade. Com isso, há pouca hierarquia e maior possibilidade dos funcionários crescerem profissionalmente, uma vez que é uma cultura focada na retenção de talentos e desenvolvimento de liderança


4) Cultura de poder

Nesse modelo, existe um grande foco no resultado e grande centralização em torno de uma só pessoa (geralmente, o líder). Entretanto, isso pode causar conflitos internos em decorrência da alta competitividade e ausência de princípios éticos e profissionalismo por ser muito individualista.


Ainda ficou com alguma dúvida? Então converse conosco pelo chat, estamos dispostos a ajudar você!



Texto feito por Giulia Diniz

Produtora de conteúdo da RH Jr.


#culturaorganizacional #tipos #gestaointerna #ParaCegoVer


Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.