• RH Jr

Atenção, empresário júnior! Conheça as 3 maiores dores das empresas juniores em gestão de pessoas!

Empresa júnior caracteriza-se por ser qualquer organização sem fins lucrativos composta exclusivamente por estudantes universitários em graduação, sob supervisão de professores capacitados na área específica em que a empresa atua. Seus principais objetivos, segundo a SEBRAE, são fomentar o aprendizado prático, gerir com autonomia em relação à direção da faculdade ou centro acadêmico, elaborar projetos de consultoria na área de atuação dos alunos e aproximar o mercado de trabalho das academias e os próprios acadêmicos.


Por meio de uma pesquisa feita por dois assessores de marketing da RH Jr., foi possível elencar as principais dificuldades que as empresas juniores enfrentam no âmbito de gestão de pessoas. Essa pesquisa foi realizada presencialmente, por meio de entrevistas, com onze empresas da Universidade Federal de Minas Gerais em diversas áreas, como engenharia, farmácia, comunicação, informática, etc. As principais dificuldades elencadas foram:


1. Engajamento

Esse fator foi comentado como um problema por 25% das empresas. Uma estratégia para motivar os membros citada é o reconhecimento no fim do mês como "membro destaque", e algumas dão até benefícios para essas pessoas. Além disso, integrações, gamifications e mensagens de aniversário também são técnicas utilizadas, mas o engajamento ainda é um obstáculo para essas empresas. Isso pode ser explicado por meio de um processo seletivo não voltado para a cultura organizacional, revelando a necessidade de se investir nesse fator para o crescimento da empresa.


2. Comunicação

Apesar de ter sido apontada como um problema por todas as EJs, esse fator foi dado como uma das principais dores por 16% das empresas entrevistadas. Algumas apresentam facilidade em comunicação internas ou externas, mas ainda assim não se consideram eficazes nas duas. Pode-se perceber que a comunicação está relacionada com uma cultura direcionada para o feedback, que a maioria não possui. Felizmente, praticamente todas as empresas mostraram-se dispostas a mudar a situação.


3. Feedback

Em terceiro lugar e já comentado anteriormente, o feedback foi apontado por 13% das empresas. Muitas tentam suprir esse déficit com feedbacks "forçados", quando a empresa cria a situação, mas o estabelecimento de uma cultura voltada para feedbacks, principalmente negativos, é uma dificuldade notável.


Você é membro de uma empresa júnior e se identificou com esses problemas? Se sim, o reconhecimento é o primeiro passo para a mudança. Faça benchs com outras EJs, procure ajuda externa com treinamentos ou serviços para sanar esses problemas!


Para saber mais sobre esses tópicos, veja também:

1. https://www.rhjr.com.br/blog/como-aumentar-a-motivacao-no-ambiente-de-trabalho (Post sobre Engajamento)

2. https://www.rhjr.com.br/blog/a-import%C3%A2ncia-da-comunica%C3%A7%C3%A3o-na-sua-empresa (Post sobre comunicação)

3. https://www.rhjr.com.br/blog/feedback-um-poderoso-aliado-para-lidar-com-problemas-de-relacionamento-no-trabalho (Post sobre Feedbacks)




Texto feito por Giulia Diniz

Produtora de conteúdo da RH Jr.

#empresajunior #pesquisa #dificuldades #ParaCegoVer #variados

Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.