• RH Jr

5 passos para ter um ambiente de trabalho mais descontraído

Sala de jogos, academia, serviços de beleza e bem-estar. Como essas coisas se relacionam com um ambiente de trabalho?


A Google se tornou referência de produtividade ao investir na saúde mental e física dos funcionários, concretizando a ideia de “emprego dos sonhos”. Diversas empresas estão sendo influenciadas por essa nova tendência, que tem impulsionado o setor de recursos humanos e adaptado o ambiente de trabalho às novas gerações e seus modos de produção. Sendo assim, vamos abordar os benefícios de construir um local cada vez menos parecido com um escritório e mais próximo de um lugar descontraído.


Desenvolver senso de dono


Uma maneira de aproveitar ao máximo a produtividade do funcionário é desenvolver o senso de dono, que consiste em criar uma sensação no associado de que ele também é responsável pelo desenvolvimento da empresa, e é beneficiado pessoalmente por essa produtividade. Um ambiente com lazeres, flexibilização de horários, liberdade de agenda e bonificações como jantares e comissões, podem ser utilizados como meio de melhora das condições de trabalho e a qualidade de vida do funcionário, para que dessa forma ele se empenhe ao máximo para contribuir com a empresa.


Adaptar às novas gerações


A sociedade está em constante mudança, e escritórios de trabalho com relações hierarquizadas e jornadas de trabalho em salas fechadas com alternativas limitadas de produção são pouco atrativas nos dias de hoje. A evolução da tecnologia e dos meios de comunicação, possibilitou às pessoas realizar diversas tarefas ao mesmo tempo, e o usuário da internet está o tempo todo acessando diversas informações por meio de vídeos, imagens e aplicativos. Um ambiente de trabalho mais dinâmico faz mais sentido na realidade do século 21, o que permite à empresa se adaptar a realidade, e não tentar controlá-la.


“Gamefication”


A expressão em inglês se refere ao processo de transformar o processo produtivo em uma espécie de jogo, em que equipes competem para bater metas e obter resultados. Esse método reflete de forma expressiva na produção da empresa, já que as pessoas, em diferentes níveis, possuem um espírito competitivo natural do sistema econômico vigente na sociedade. Então, explorar uma característica comum nos funcionários pode aumentar consideravelmente os resultados de um projeto, e ainda incita o bem estar dos funcionários por meio de um processo interativo e diferente do tradicional de produção.


Capacidade de reter talentos


Diante do cenário em que há muita oferta de mão de obra, mas uma pequena parcela é altamente qualificada, criou-se a necessidade de construir um ambiente favorável para atrair e reter esses talentos. Proporcionar um ambiente descontraído é alimentar a criatividade do funcionário, fornecer uma motivação para que ele possa traçar planos e projetos que irão contribuir para o seu crescimento pessoal, e consequentemente, para o crescimento da empresa. Essa cultura focada nas pessoas busca formar líderes e evitar a alta rotatividade, que prejudica a gestão do conhecimento da empresa.


Humanização das relações de trabalho


Considerando a saúde mental como uma das preocupações crescentes da sociedade atual e diante do fato de que o trabalho é uma das causas do adoecimento psíquico, a dinamização do ambiente laboral surge como uma solução para essa questão. Sendo assim, a melhor forma de prevenir algumas dessas síndromes é reduzir o estresse e a pressão no trabalho, algo que pode ser resolvido pelas alternativas propostas pela dinamização do trabalho. As mudanças propostas fazem com que os funcionários não vejam o trabalho como uma simples obrigação, o que reduz a pressão sobre eles e facilita o equilíbrio com a vida pessoal.


Por conta dos benefícios abordados, sabemos que a construção de um ambiente de trabalho mais interativo, dinâmico e inovador não é apenas um gasto, e sim um investimento para a empresa. O crescimento da empresa depende da produtividade de cada funcionário, que está diretamente ligada a um modo de trabalho que estimule sua criatividade e garanta o bem estar.


Se pensa que sua empresa não se encontra num momento de investir em gestão de pessoas, clique aqui para ver a importância de investir nos recursos humanos mesmo em tempos de crise


Texto feito por Ana Clara Queiroz e Ezio Laurenti Neto Trainees da RH Jr.

Texto revisado por Bruno Lataro Gonçalves

Produtor de conteúdo da RH Jr.

#RH #recursoshumanos #gestãodepessoas #PraCegoVer


Siga-nos nas redes sociais

  • Instagram - White Circle
  • White Facebook Icon
  • White LinkedIn Icon

© 2020 por RH Consultoria Júnior- UFMG.